Pediu Demissão Para Se Tornar Consultor Financeiro Pessoal e Familiar

Pediu Demissão Para Se Tornar Consultor Financeiro Pessoal e Familiar

Tempo de leitura: 7 minutos

Em um tempo em que se fala da dinâmica das profissões, identificar boas oportunidades profissionais é um dom essencial para que consigamos definir o que, onde e como atuar em um trabalho que nos realize em todos os sentidos.

Aqui na ESCEF nós capacitamos profissionais de Educação Financeira: Consultores Financeiros, Planejadores Financeiros, Coaches Financeiros e Educadores Financeiros.

Também somos escolhidos por profissionais que já estão atuando no mercado, mas que veem em nossa filosofia de trabalho e metodologia instrumentos importantes para a consolidação da carreira.

Veja também: 

O primeiro a ser impactado tem que ser o nosso aluno

É muito comum receberemos declarações de alunos que, mesmo antes de concluir o curso, contam-nos como as Formações ESCEF tem impactado suas vidas pessoais e profissionais.

Recentemente recebemos um comentário especial de um desses alunos. Mesmo tendo explorado apenas 77% das vídeo-aulas gravadas do curso de Formação de Consultor Financeiro Pessoal e Familiar e tendo participado apenas de uma sessão de mentoria individual, ele dizia o seguinte:

Curso de Formação Consultoria Financeira
Aluno ESCEF pede demissão para atuar como Consultor Financeiro Pessoal e Familiar

Mais do que se sentir capacitado para atuar como Consultor Financeiro de Investimentos e buscando atender também um nicho muito importante: Consultoria Financeira Para Casais, ele entendeu que poderia empreender e começar a atuar exclusivamente transformando vidas por meio da Educação Financeira.

Muitos Querem Ter Sucesso, Mas Poucos Querem Pagar o Preço

A história desse aluno relembra a minha própria história.

Sempre acreditei no poder da Educação Financeira para pessoas, famílias, empresas e para toda a sociedade. Mas por alguns anos precisei ter uma atividade principal que permitisse “pagar as contas”.

Enquanto isso estudava, praticava, experimentava, ajudava, criava processos e métodos.

Queria poder apresentar à sociedade algo que realmente fosse eficaz, independente do nível financeiro, profissional ou cultural.

E hoje na ESCEF conseguimos atender o público mais diverso que você possa imaginar.

Pessoas no Brasil ou em outros países. Pessoais de “baixa” ou “alta” renda. Até que um dia pude tomar esta decisão e me dedicar integralmente à Educação Financeira.

Uma decisão dessas não é fácil de ser tomada. Independente da área que você queira ingressar, é necessário reflexão, conselhos, orientação e confiança.

E foi isso o que conseguimos passar para ele.

Os méritos são todos dele, pela iniciativa em procurar uma formação em algo que lhe dá muito prazer. É essa a primeira condição para que você se torne um profissional diferenciado.

Os méritos são dele porque ele explorou ao máximo todo o conteúdo, focando em aprendizado e não em “certificado”.

Ainda há no Brasil resquícios de uma geração focada em diplomas e formação acadêmica. Sim isso é importante, desde que ela não seja um fim, seja um meio para a nossa formação em qualquer profissão.

Educação Financeira – Uma Atividade Mais Séria do Que Muitos Imaginam

Há uma imagem romântica da Educação Financeira por parte de muitas pessoas.

Imagina-se que o profissional que atua com Educação Financeira seja um mágico com poderes sobrenaturais que,  com suas técnicas quase hipnóticas, ajuda pessoas ficarem ricas da noite para o dia. E eles também se tornam muito ricos, podendo ostentar seu luxo em todos os lugares, frequentando restaurantes luxuosos, viajando seus jatinhos, passando férias em ilhas paradisíacas, etc..

É verdade que um bom profissional de Educação Financeira tem a capacidade de contribuir a transformação da vida financeira das pessoas. Também é verdade que um bom Educador Financeiro pode ter ótimos rendimentos.

Mas tudo isso com muito estudo, trabalho e amor pelo que faz.

Aqui na ESCEF ficamos contentes porque em quase uma década de atividades, temos 100% de aprovação de nossa metodologia.

Ouvimos de muitos alunos:

“Eu pensava que tinha Educação Financeira, mas não verdade era uma visão muito limitada deste assunto”.

Ou

“Eu acreditava que Educação Financeira era investimentos e com o curso percebi que não, investimentos são uma pequena parte da Educação Financeira.”

Frases como esta demonstram que há muita confusão do que é Educação Financeira. E tem muita gente comprando “gato por lebre”.

Em algum tempo a população estará mais informada e as frustrações diminuirão.

Sabemos também que há muitos profissionais que amam o que fazem (Educação Financeira) mas eles mesmos percebem que podem melhorar muito sua capacidade de transformação de vidas ao decidirem se capacitar em uma instituição séria e comprometida com uma formação de excelência.

Temos um enorme compromisso em apresentar aos nossos candidatos exatamente o que fazemos, mais do que isso, falamos a eles no que acreditamos quando o assunto e Educação Financeira

Nenhum de nossos candidatos são “seduzidos” pelo canto dos “gatilhos mentais”, que muitas vezes levam pessoas a se empolgarem, fazendo-as em investir em algo que, na verdade não estão na sua essência. 

Sabemos que boa parte das pessoas que buscam capacitação profissional, estão focadas primeiro no dinheiro e depois na performance profissional, exatamente o inverso do que devemos fazer.

Temos orgulho em saber que a grande maioria de nossos alunos já começa a realizar suas atividades em menos de 90 dias pois na Formação ESCEF damos-lhes os quatro elementos necessários para atuação imediata: conhecimento, informação, ferramentas e orientação.

Educação Financeira – Uma das Profissões do Futuro

Com a modernidade, tecnologia, globalização e acesso ao conhecimento muitas novas profissões surgirão.

E não temos dúvida que há uma que já existe e que vai se fortalecer cada vez mais: o Consultor Financeiro Pessoal e Familiar.

Ficamos também muito contentes porque estamos conseguindo mostrar para pessoas que entendem a importância da Educação Financeira que não é preciso ser do mundo de finanças ou economia para se tornar um profissional qualificado.

Hoje em nosso rol de alunos temos funcionários públicos, enfermeiros, engenheiros, profissionais de tecnologia, entre outros, sendo formados e habilitados.

Não estou excluindo o pessoal do mundo financeiro – também formamos contadores, controlers, assessores de investimentos, gerente de bancos. Mas esses que se matriculam na ESCEF compreendem que para mudar vidas financeiras é preciso ir “além dos números”.

Se você chegou até aqui e tem algum ou muito interesse em atuar em uma profissão gratificante e ao mesmo recompensadora (gratificante porque nos permite dar luz a quem está na escuridão financeira, recompensadora porque nos permite gerar renda) entre em contato conosco para saber como são nossos cursos.

Aproveite e assista a palestra  “Profissão: Consultor Financeiro”

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Conheça Mais Sobre Julio Santos, Especialista Em Educação Financeira

A história da Educação Financeira em minha vida começa com uma experiência pessoal de transformação.

Mesmo com uma boa formação acadêmica eu era um “analfabeto financeiro”. Isso me incomodava muito e trazia muitos prejuízos de ordem financeira e emocional.

Busquei conhecimento, comecei a aplicar e vi os resultados claros e evidentes no bem estar físico, mental e emocional.

Comecei a estudar e me envolver com a Educação Financeira.

Primeiro foram pequenos palestras, depois cursos,  atividades, coordenação de cursos de pós-graduação, criação de materiais didáticos, livros atividades em empresas, igrejas e entidades do terceiro setor.

Já não são dezenas mas sim milhares de horas dedicadas a Educação Financeira. E tem sido um privilégio colaborar para que pessoas, famílias conquistem a paz financeira. Também tem sido gratificante capacitar pessoas para ampliarem a abrangência da Educação Financeira no Brasil e no Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *